sexta-feira, 13 de abril de 2018

"A poesia..." Antonio Ramos Rosa




"A poesia é uma inflexão
que vem de uma voz que vem
não sei de onde
e desce e sobe
e é verde como o fogo
e repentina como o vento."


ANTONIO  RAMOS  ROSA



6 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Gostei de ler.
Abraço

Alfredo Rangel disse...

Obrigado pela visita, Elvira. Antonio Ramos Rosa, poeta dos maiores... Beijo

Pedro Luso disse...

Uma bela poesia, caro Alfredo.
Vou ver se encontro algum livro desse poeta.
Um ótimo domingo.
Um abraço.
Pedro

Tais Luso disse...

Olá, Alfredo, Pedro Luso (meu marido) falou-me do seu ótimo blog e vim conhecê-lo, gostei muito do poema de Antonio R.Rosa.
Ótimo seu blog, já estou lhe seguindo e voltarei!
Parabéns!
Grande abraço! Um ótimo domingo.

Alfredo Rangel disse...

Muito honrado com tua tão agradável visita, Taís, agradeço tua visita. Antonio Ramos Rosa é realmente um extraordinário poeta luso, que nos fala diretamente ao coração. Fico feliz em saber que minha postagem tenha sido lida por pessoas tão especiais quanto você. A poesia também se propõe a fazer com que conheçamos mais e mais pessoas tão gentis quanto você. Obrigado e ótimo domingo.

Graça Pires disse...

António Ramos Rosa sabia do que falava. Ele que tem uma poesia excelente.
Um poeta que tive o privilégio de conhecer pessoalmente.
Uma boa semana, meu Amigo.
Um beijo.