terça-feira, 20 de abril de 2010

Eterna


Mesmo que dure,
a noite,
o resto da vida,
ainda assim,
terá valido a pena
não ter
adormecido...



Ilustração: marcioruno

12 comentários:

Carol Fonseca disse...

nossa,amei isso!

Rosemildo Sales Furtado disse...

E que não adormeças nunca.

Muito profundo.

Abraços e ótima semana.

Furtado.

Ps= Perdoe-me pela visita.

Ítalo do Valle disse...

Muito lindo!!

Suzana disse...

Insones apaixonados!
bjs

Nanda Assis disse...

seus poemas tristes, eu adoro.

bjosss...

Vivian disse...

...eterna é a sua capacidade
de poemar.

beijo, querido lindo!

Anne disse...

Viiiiiiiiiiiva meu Amigo!

Adormecer é pra quem está vazio de paixão...

Viva e escreve meu poeta!

Bjos
Anne

Valéria disse...

Rangel, sempre bom ter você de volta, escrevendo...
Mto bom!
Valéria

Sonia Schmorantz disse...

Perfeito!
um abraço

Graça Pereira disse...

Maravilhoso Poema e...que saudades!
Um beijo
Graça

Júlio Castellain disse...

...
Parabéns, Poeta.
Abraços.
...

Mahria disse...

Oi amore...
Passando pra te avisar que estarei fazendo um sorteio entre os seguidores do ENTRETANTAS...EU dia 30/04/2010 ok?

Beijos
Mah