segunda-feira, 24 de julho de 2017

ENFIM...



escondidas as mentiras,
obrigados a dizermos
a verdade,
calamo-nos...

tudo a seu tempo.


quinta-feira, 20 de julho de 2017

USOS E ABUSOS



Poderia, claramente, ser o dito pelo não dito.
Não haveria, certamente, nenhuma
avalanche.
Assim estariam preservados todos os
incautos,
todos os cidadãos descentes,
todos os cumpridores das leis...

Nenhum injusto a ser castigado.
Tudo como sempre foi!


domingo, 16 de julho de 2017

SEJA O SOL



Já não sonho o
amanhã com esperança
redobrada.
Balança a estrutura da casa.
Anseios se tornam 
reais?

Apazigue meu sono,
verdades.

Me lembrem que sou o sol...
Me acordem para que eu não chore.





domingo, 2 de julho de 2017

A ILHA


esta ilha rodeada de nada,
a última do mundo,
da vida...
isolada, fria, tão distante...
difícil lembrar
como aqui vim parar...

foi excesso de amor
ou descaso,
talvez!!!




sábado, 1 de julho de 2017

LUIS QUINTAIS


ÉTICA


Vou falando as pequenas coisas
que me são solicitadas.
Sentindo que as ciladas
se acumulam cada vez que falo.
Preferi hoje o silêncio.
A ausência de equívocos
não é partilhável.
No inegociável deste dia,
destituo-me de palavras.
O silêncio não se recomenda.
Deixa-nos demasiado sós,
visitado pelo pensamento.