sábado, 30 de maio de 2015

Anoitecer



Ainda olho o cair da noite
e, como um antiquado sonhador,
imagino poesias
e cenas já fora de moda,
segundo alguns.
Muitos alguns...

Não importa.
Ainda existem os apaixonados.
E todos nós, antiquados,
somos apaixonados
pelo cair da noite...






ilustração obtida no interludioemflor.blogspot.com


5 comentários:

Kerida R disse...

Belíssimo

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei muito!

também me sinto assim às vezes (muitas vezes)

bom fim de semana.

beijo

:)

Maria Rodrigues disse...

Também eu adoro o cair da noite.
Belíssimo poema.
Beijinhos
Maria

Graça Pires disse...

Ao cair da noite andam no ar o olhar dos deuses. E dos poetas.
Beijo.

Valéria disse...

Anoitecer, tudo de bom!
Adoro.
Belo... um belo poema.
Carinhosamente,
Valéria