segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Trem fantasma


O tempo passa,
trem da minha vivência,
não arrasta esperanças,
nem move apenas tristezas.
Viaja em passo sereno,
nem sempre,
levando imagens amorfas,
corações insensíveis,
lágrimas geladas.

Não chega a qualquer
estação, este trem.
Pelo visto,
nem chegará!


ilustração: t2.gstatic

3 comentários:

Valéria disse...

Rangel,
engano seu, poeta.
ele chega, sim.
e chegará sempre...
com carinho,
Valéria

Eloah disse...

Toda viagem, tem paradas estratégicas que nos permitem revigorar e apreciar o que a vida nos brinda.Com certeza Rangel, esta tua viagem tem suas paradas.Não fique no fundo do vagão, desça e veja lá fora o que a vida tem para oferecer.
Tenhas dias suaves e felizes.Bjs Eloah

Solange disse...

talvez ele tenha passado quando vc olhou pra trás..
não se preocupe, ele passará de novo, só pra lhe buscar..

bjs.Sol