segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Jogo


Da noite fui sonho,
mesmo há tanto acordado.
Fui café sorvido quente,
fogueira de noite fria.
Fui vida depois da morte,
o dado lançado,
em dia de muita sorte...



ilustração obtida em ultradownloads.com.br

6 comentários:

Ateliê Tribo de Judá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Janice Adja disse...

Da noite sempre sou pesadelo.
Não sei o motivo.
Beijos!!!

Por Amor disse...

Rangel !!! Somos movidos por estas mudanças !!! Se o mundo muda mudamos com Ele !!! SERÁ !!! rsrs Parabéns Pedro Pugliese

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Rangel. Que bom que tanto otimismo prevaleceu na sua existência.
A sorte sorriu para você e os seus caminhos abriram-se.
Beijos na alma e paz!
Excelente semana de paz!

Bia disse...

Jogos ... da vida :)

noite feliz

Nádia Santos disse...

O que é a vida senão um jogo! Todos os dias giramos a roleta e jogamos os dados... a sorte está lançada e que estejamos preparados para ganhar ou perder... vamos pensar sempre positivo. Deixo um beijo