sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Miragem


Miragem

Caminho!
E o fim desta caminhada,
o fim desta estrada,
que parece reservar
grandes novidades,
como uma miragem,
consegue me embriagar.

É certo que a vida é assim
e que,
de surpresa,
a caminhada enfim termina,
nem sempre trazendo
as prometidas novidades,
embora perdurando,
para sempre,
aquela miragem!


2 comentários:

Serena Flor disse...

E que venham as novidades,
você as merece meu querido!
Um grande beijo e um ótimo fim de semana pra você!

adrianna coelho disse...


miragem

não sei se sou voo
ou vertigem

asa estrangeira sobre teus versos
avisto o mar impossível
e mergulho

esbarro no último ponto
de tuas reticências
e nem sei se te encontro



alfredo,

obrigada pelo olhar carinhoso para os meus escritos.
vou acompanhar os seus de perto.

um beijo,

adrianna