sábado, 5 de dezembro de 2009

Desaprendemos


Tivemos, sim, momentos em que,
como na infância,
tudo parecia irremediavelmente
sorrir.

Desaprendemos como rever momentos assim,
como preservar tímidos sorrisos,
como viver deste sol.

Desaprendemos, juntos,
o sabor deste sol...

E, juntos, vimos se desintegrar
o que só se faz
juntos...


Ilustração: 2.bp

22 comentários:

Anne M. Moor disse...

Desaprendemos tantas coisas nesta vida... Mas ao desaprender, aprendemos outras e em especial a viver!

Beijos
Anne

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Desaprender coisa bonita é bem triste, meu amigo.

E melhor que aprender, é reaprender.Todo dia. Se for possível, reaprender a coisa bonita que desaprendemos.

Assim penso eu.

=)

Sonia Schmorantz disse...

Reaprender o gosto pela vida, todos os dias, junto com o sol que nasce, é um exercício de fé e esperança. Ver a vida pelos olhos de criança, mesmo aos 80, é certeza de felicidade.
Lindo poema!
abraço

neli araujo disse...

Rangel,

O melhor remédio para re-aprender o que foi "desaprendido", é voltar para a escola da vida e do amor!

Quando a gente muda de escola, faz novos amigos, aprende novas brincadeiras e volta a sorrir!

Um abraço,

neli

SONHADORA disse...

LINDO....MASSSSS...

DESAPRENDER!!! JAMAIS...
A VIDA...AQUELA CORRERIA...
QUE PARECE NÃO TER FIM...
DESAPRENDER!!!!JAMAIS...
VOU APRENDER ATE AO FIM....

BEIJO

entremares disse...

Desaprender, meu amigo?

Nunca...
Quando aprendemos a andar de bicicleta... nunca mais esquecemos como é, mesmo que passe uma eternidade.

Tudo de bom para si.
Rolando

Graça Pereira disse...

Gosto muito da palavra "Recomeçar"! Recomeçar...sempre! Em cada fracasso, em cada adeus, em cada desilusão...Recomeçar como quem levanta voo e põe de pé toda a força dos nervos, da vontade e do coração.
E esperar, como quem recomeça JÁ!
Um beijo e um bom Domingo.
Graça

Vivian disse...

...muitas vezes ao desaprendermos
abrimos o caminho para a real
verdade da vida!

e a vida o que é, senão
um eterno apender?

bj, querido poeta!

Valéria disse...

Rangel, belo poema.
Desaprendemos?
Ou
Re-aprendemos?
Nos adaptamos ao dia-a-dia, precisamos buscar a todo instante o nosso MESTRE interior... segundo Leon, um amigo meu... Re-aprendemos... é isso!
Com carinho
Valéria

Giane disse...

Esperamos crescer para sermos independentes e descobrimos que a melhor fase da vida, era aquela em que éramos mais depentendes de tanta coisa boa...
E como gostaríamos de voltar a esse "doce vício"...

Beijos mil, Amigo Rangel!!!

Drika disse...

Não sei bem se desaprendemos, acredito que "esquecemos" ou colocamos de lado em virtude de tantos tropeços que a vida vai nos dando.
Mais acho que lembrar desses sorrisos é ótimo assim, "relembramos" e trazemos ele de volta.
Afinal sorrir mais faz para todo o nosso ser.
- To seguindo seu blog viu! Obrigada...

Triste Flor disse...

Perfeito... parabéns.

The last but not the least disse...

que bom é que podemos hj aprender juntos, isso lembra a infância, a simplicidade e realmente tudo fica mais simples.

Minnie_ disse...

É verdade, a gente desaprende.
Temos que encontrar pessoas para nos ensinar de novo a sorrir.
Ou seja, precisamos de companhia, de amigos.
Lindo, lindo.

Um grande beijo!

celina vasques disse...

Eu diria amigo querido Poeta, RECOMEÇAR!
Concordo com nossa querida Poeta Graça pereira!
Estamos sempre recomeçando, a cada dia, ao mudarmos d residencia, de cidade, de amizades, de tudo!
Recomeçar é muito bom!
Beijos meus e parabéns pelo poema belo!

Jacque disse...

Oi amigo. Estou convidando os seguidores, a conhecer meu Blog: http://coisasdocoracao-jacque.blogspot.com/, Coisas do Coração Letras de Músicas.

Beijo.

Jacque

Lu Nogfer disse...

Mesmo desaprendendo esperamos sempre aprender a buscar novos horizontes!
Se desaprender,reaprenda...A liçao é a mesma porem mais facil!

Beijos com carinho!

PS:Saudades de ve-lo aqui mais!

J.G disse...

E vida que é vida nunca muda, é como um ciclo.
Muito bom o texto, Abraço.

Serena Flor disse...

Lindo poema meu querido.
Mas acho que não desaprendemos, só esquecemos do quanto foi bom...um beijo e muitas saudades meu lindo!

Cléo Marçal disse...

Tenho desaprendido muito em minha vida, mas também venho aprendendo ao longo dela, muitas coisas novas, inclusive, coisas simples, que traduzem sentimentos e almas, tão lindas como você.Gosto de escrever também e te espero no meu blog.
Bjos
Cléo Marçal

Lih...Amarante disse...

Esse eu li, reli várias vezes.
Não tem o que mudar, nem uma vírgula sequer.
É fantástico.
Posso salvar em uma pasta minha?
ñ quero perder esse texto de vista!
me permite?

armalu disse...

Eu quero aprender , tudo o que a vida me fez esquecer, esqueci mas não desaprendi, com um amigo vou aprender.