domingo, 8 de julho de 2012

Velho amigo


Para o meu grande amigo Dick...
Que decidiu ir.




porque estas lágrimas
esparsas, espessas,
profundas,
esta dor de punhal
por ocasos incompreensíveis
aos que te rodeiam.


porque sentimentos estranhos,
tantos, 
ao menos para pessoas,
aquelas normais.


cala em teu peito a dor.
lembra só tu daqueles momentos,
de silêncio e paz,
guardados agora.






ilustração obtida no blog alimentodafe.blogspot

4 comentários:

Confesso disse...

Amado...

Acalenta a dor e sente, chora...
Sentimentos são assim " ao menos para pessoas, aquelas normais."

Beijos, dezenas deles...

Valéria disse...

Rangel, um abraço apertado e acolherdor em vc.
Valéria.

Valéria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Rangel. Nem sempre as pessoas "normais" conseguem segurar o pranto mediante a dor, ao desespero, e penso que é bom desabafar.
Depois disso, da alma mais um pouco tranquila, poderemos pensar nas coisas boas com mais facilidade.
Beijo na alma, e fique na paz!