terça-feira, 16 de abril de 2013

Mal, disfarçado...


Secam as fontes,
perenes rios e casas de
lágrimas...
Mais e mais carecem os
choros e prantos,
ausências de dores
sentidos, vazios, angústias
tão mal disfarçadas
que até um sorriso
se pode, de leve,
antever!

Mal, disfarçado...




ilustração obtida no arcanjotrovador.blogspot

7 comentários:

Bia disse...

gostei...

:)

Ateliê Tribo de Judá disse...

Não existe verdade maior de que o choro pode durar uma noite,mais a alegria vem ao amanhecer.

Beijos
Joelma

Ana (Ballet de Palavras) disse...

AC,
Belo. Intenso e, emocionante.

Ana

Linda disse...

Beautiful.

Janice Adja disse...

Lindas palavras.
Beijos!!

ᄊム尺goん disse...

Cada um de nós
é uma lua
e tem um lado escuro
que nunca mostra a ninguém.
Mark Twain

[contém 1 beijo]

Bilherbeck disse...

Belo poema, parabens!