terça-feira, 9 de julho de 2013

Silêncio, outra vez...


Grita, bem alto,
a estrondosa palavra
"silêncio".

E, removendo minha
alma impura,
me calo.

Solene...




ilustração obtida em olhares.sapo.pt

5 comentários:

marlene edir severino disse...

Silencio aqui.

Abraço, Rangel!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Rangel! Passando para te cumprimentar e apreciar mais uma das tuas belas criações.

Abraços,

Furtado.

Ivone disse...

Lindo seu blogue, tenhas um lindo dia também!
Silencio para apreciar sua poesia!
Abraços!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Há silêncios que murmuram palavras.

Um beijinho
Sonhadora

Janice Adja disse...

Ao solicitar o silêncio se faz barulho. O silêncio sempre é barulhento.
beijos!!