sábado, 17 de julho de 2010

Verdades


Procura nos dias de sol
as respostas que te faltam.
Em cada canto deles,
iluminadas,
as grandes e claras verdades.

Não deixe para as noites de inverno,
para os dias de grandes vendavais,
nem para o tempo
de seca.
Ilustração: dopensar

7 comentários:

Nanda Assis disse...

muito linda suas palavras.

bjosss...

Vivian disse...

...não estariam as verdades
escondidinhas dentro de nós
em qqr tempo?

saudades de você, poeta!

smackssssssssssssss

Anne M. Moor disse...

Rangel

Que poema lindo! Os "tempos de sol" são os abraços que precisamos nénão?

Beijão
Anne

Luiza Maciel Nogueira disse...

:), lindas esperanças.

bjs

gabyshiffer disse...

Que lindo isso!
Tens toda razão...
Bom Sábado
Beijos

Júlio Castellain disse...

...
Rangel,
Bela verdade.
Abraço.
...

armalu disse...

De sol e chuva se compõe a vida, que a tua seja sempre dias de sol esplendoroso