terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Pacto de silêncio


Bom estar em silêncio
contigo.
Mesmo que sempre.
Ser brisa tão fresca em
deserto de palavras.
Cantar cada letra de nossa
mudez.

Estar contigo sem
palavras.
Olhos falam,
sempre,
mais e melhor
que os verbos!



ilustração obtida no Google images

11 comentários:

Ateliê Tribo de Judá disse...

“O vocabulário do amor é restrito e repetitivo, porque a sua melhor expressão é o silêncio. Mas é deste silêncio que nasce todo o vocabulário do mundo.
Vergílio Ferreira

Beijos
Joelma

Vivian disse...

...nada é mais sagrado
que o silêncio de um
olhar despindo-nos
a alma!

bjs meus!

boma dia, poeta!

Valéria disse...

Rangel, concordo em grau, número e genero.
Saudades daqui.
Valéria

Iara Maria Carvalho disse...

belo belo.

Iracema disse...

Oi Rangel
Saudades!
Beijos

Anne M. Moor disse...

ADOREI este poema!

Anne M. Moor disse...

ADOREI este poema!

Anna Amorim disse...

Perfeito dizer sobre o silêncio quando este é comunicação de almas!

Beijos,

Daniela Delias disse...

Lindo!

Beijos :)

neydenoronha-letrasartes disse...

Estou lendo o terceiro poema da primeira página, me detive ao silêncio antes de mais nada. Pensei em conhecer mais sobre o autor, mas, vi quem é. Aconselho o meu coração ter calma e viver cada um deles, sentir quase o mesmo que o poeta sentiu em cada um deles.
É difícil, mas existem dias nas nossas vidas que somos todos "Uma só pessoa" e os nossos pensamentos se encontram, se abraçam, sempre desejando dizer mais e mais. Obrigado por nos oferecer tanta beleza. Neyde

neydenoronha-letrasartes disse...

Estou lendo o terceiro poema da primeira página, me detive ao silêncio antes de mais nada. Pensei em conhecer mais sobre o autor, mas, reconheço quem é este alguém, tão inspirado. Aconselho o meu coração ter calma e viver cada um deles, sentir quase o mesmo que o poeta sentiu.
É difícil, mas existem dias nas nossas vidas que somos todos "Uma só pessoa" e os nossos pensamentos se encontram, se abraçam, sempre desejando dizer mais e mais. Obrigado por nos oferecer tanta beleza. Neyde