quarta-feira, 27 de março de 2013

Como evitar


Como evitar o vazio,
me diz?
A vida vazia, vadia,
por um fio
e todos os outros
dias e meses,
tão ligados, por vezes
espaçosos, os dias
gostosos, dias de luz
clara,
sonoro tapa na cara
da solidão.

Como evitar?
Me diz...



ilustração obtida no jovemquadrangularsm.blogspot

8 comentários:

Anne M. Moor disse...

Quando descobrires me avisa rsrsrsrs. Adoro teu jogo com as palavras!

Bjs
Anne

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Não sei!
Só sei que li lindos versos!
Beijos,
da Lúcia

Sonia Schmorantz disse...

Evitar o inevitável...se eu soubesse te diria, mas também não sei!

Ateliê Tribo de Judá disse...

Aprendi que no decorrer da vida a dor é inevitável, mas trazer o sofrimento na bagagem é opcional então...

"Um dia descobrimos que apaixonar-se é inevitável... Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples... Mario Quintana

Beijos
Joelma

Valéria disse...

qdo descobrirem me digam, rs
saudades daqui, poeta
carinhosamente
Valéria

Janice Adja disse...

Palmas!!!!

Bia disse...

Há vazios que se instalam e nos ocupam os sentidos, saber expulsá-los é enriquecer interiormente ... um espaço só é vazio quando nada o ocupa.

Gostei do poema

:)

Poliana Rios disse...


"morre-se nada
quando chega a vez

é só um solavanco
na estrada por onde já não vamos

morre-se tudo
quando não é o justo momento

e não é nunca
esse momento"

Mia Couto

É bem assim...

Beijo ... Maluquinha