domingo, 10 de março de 2013

Simplesmente


Deixar perder-se o olhar sem temor,
sem medo das distâncias,
dos caminhos desconhecidos, mistérios,
e da dor.
Sonhar verdes lugares, inundados
de sol, de sonhos, de vida...
Viver, simplesmente!



ilustração obtida no Google imagens

7 comentários:

Ateliê Tribo de Judá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Poliana Rios disse...

Vida...

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]"
Mia Couto

Simples assim...

Beijo
Maluquinha

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Rangel. Viver e deixar a esperança ser o canal que nos levará
aos lugares que precisamos conhecer, descortinando todos os nossos medos!
Tenha uma semana de paz!
Beijos na alma e fique com Deus!

Anne M. Moor disse...

Great minds think alike... Vai ver o que acabei de postar.

beijão
Anne

Lu Nogfer disse...

Rangel!
Agora você falou a minha língua!
Que linda liberdade!


PS:Passando pra dizer tchau mas quando a saudade de te ler bater, venho correndo te ver!

Beijos

intervalo disse...

Os sonhos alimentos da alma e viver é mágico assim como a poesia que flui naturalmente,simples e encanta.Boa noite poeta e inspiração sempre.Beijos.Lia...

Maria Emilia Moreira disse...

Olá, boa noite!
Que bela mensagem: viver simplesmente! Mas com é difícil nos tempos que correm tão" agrestes"... pelo menos no meu Portugal.
Já há muito que não vinha aqui e gostei de voltar.
Um abraço.
M. Emília