segunda-feira, 18 de março de 2013

Tudo ou nada...


Distâncias são planos,
são sonhos, desejos,
tecidos amarrotados,
barcos que se foram...
Distâncias são vazios,
lágrimas conformadas,
solidão. 
Tudo ou nada...



ilustração obtida no edurjedu.blogspot

5 comentários:

Franco disse...

Lindo poema...

Ateliê Tribo de Judá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Por Amor disse...

Magnificamente sutil caro amigo ...sem dizer forte ...forte é ...belo muito belo !!! Pedro Pugliese

marlene edir severino disse...

A distância
não impede
a presença

Abraço, Rangel!

Poliana Rios disse...


Poeta

Quero tudo!

Beijo
Maluquinha