domingo, 29 de dezembro de 2013

Faça-se a luz!



Benvinda seja a salvação linear,
as formas e tipos de escolha,
não importa o tempo que se gaste.
A promessa feita em outras eras tem
que se cumprir, porque está escrita.

As montanhas removidas por aquela fé
sucumbiram ao tempo e repousam, solenes,
no fundo de algum oceano..






ilustração retirada do jornaldazona.zip.net.

6 comentários:

Célia Rangel disse...

Que a luz se faça em seu despertar de 2014.
Um belo poema evocação, que nos remete à outras eras, que transcendemos!
Abraços de Ano Novo,
Célia.

Nádia Santos disse...

Quando está escrito, nada nem ninguém pode impedir a realização. Não importa quanto tempo leve.... acontecerá. Um texto assim um pouco, profético... Eu amei Rangel e deixo para ti meu carinho e votos de feliz ano novo.

Janice Adja disse...

Nada tem que ser feito por ter sido dito um dia. Os pensamentos mudam.
Gostei da forma que vc fala no texto.
Beijos!!!

Ateliê Tribo de Judá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Graça Pires disse...

Não, "não importa que o tempo se gaste". Há que vivê-lo plenamente...
Um abraço

GERALDO RIBEIRO disse...

Olá,

Passei para desejar um 2015 pleno de luz e de bençãos e que Deus seja seu companheiro em todas as andanças.

Um abraço, paz e bem