domingo, 22 de dezembro de 2013

Pedras


Ah!
Se todas as manhãs imitassem essa...
Se pra você eu tivesse
um pouco mais destas pequenas e
coloridas pedras
e este desejo de formar,
com elas,
paredes e muros intransponíveis
e todos os sonhos que, cercados por estas barreiras,
fossem indestrutíveis,
não perderia jamais teu olhar...




ilustração obtida em samuelterralbo.com

7 comentários:

Ateliê Tribo de Judá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nádia Santos disse...

Não sei porque insistimos em alimentar sonhos impossíveis...
Mania de sofrer que o ser humano tem.

marlene edir severino disse...

Junte-se às pedras!

Abraço, Rangel!

Valéria disse...

"Ah! se todas as manhãs fossem como esta..."
Meu amigo, não sei pq, mas, me senti envolver "pelo" poema, rs.
Delicado, sincero e poderoso!
Adorei!
Valéria

Por Amor disse...

LINDO RANGEL !!! MUITO LINDO !!! UM GRANDE E AFETUOSO ABRAÇO !!! FELIZ NATAL AMIGO Pedro Pugliese

Sonia Schmorantz disse...

Tenha um feliz natal!
Abraço

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Que neste Natal a magia da criança que fomos esteja presente nos nossos corações...que não seja apenas uma comemoração de um dia, mas que se prolonguem por todo o ano...unindo almas com o carinho de uma palavra...o calor de um abraço...a doçura de um sorriso.

FELIZ NATAL junto de todos os que amas

Um beijinho com carinho
Sonhadora