quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Doce ilusão


Doce ilusão

Como é doce esta sensação,
esta ilusão de estar vivo.
Depois de ter morrido
tantas vezes,
a cada revés,
tocar o horizonte com
meus dedos é
reconfortante.

E você, que nunca morreu
junto comigo pode, agora,
viver comigo revivido.

Como é doce esta sensação,
esta ilusão de estar vivo.
Mais doce ainda a ilusão,
a sensação de que você
existe!

Foto: http:// www.teclasap.com.br/

Um comentário:

armalu disse...

Que feliz deve ser quem for amada deste jeito,todos gostariamos de ser amados assim lu