sábado, 9 de outubro de 2010

Tolos sonhos


Nos é lícito sonhar?
Imaginar perfeições,
caminhar por doces percursos
mesmo que,
travestidos de pessoas normais,
conscientes das impossibilidades do céu?

Voltemos a ser apenas seres humanos
desmistificados e obtusos
diante de nossas incapacidades.

Felizes os tolos,
de todas as espécies, que,
livres e inconseqüentes
fazem o que é lícito:
Sonham!


Ilustração: spaces.cauv8hla

8 comentários:

Anne M. Moor disse...

Viva os tolos nos quais me incluo pois sonho e sonho muito. A vida é feita de sonhos e escolhas.

Rangel, lindo poema! Sonha!

Beijos
Anne

Gislãne disse...

"Que lindo que é sonhar, sonhar não custa nada"

Lindo poema!

:)

ju rigoni disse...

Realmente, só os tolos são felizes. A razão? Para que serve esta bastarda, cheia de empáfia e arrogância, - sem emoção, sem calor... Às favas a elegância!

Sou uma tola emotiva muito assumida. rsrs

Obrigada pelas suas visitas e comentários, e por me seguir. Retribuo prazerosamente. Adorei ler seus escritos.

Bjs, poeta. E inté!

Graça Pereira disse...

Os tolos...são felizes? Abençoados sejam!
Sonhar é a possibilidade que nos resta de transformar este mundo!
Sonhemos então!!
Beijos
Graça

Lu Nogfer disse...

Nunca deixe de sonhar seja considerando tolo ou lícito!
Nao importa!Sonhar é preciso,sempre!
Saudades Rangel!

Beijos!

Vivian disse...

...tolos os que não sonham,
poeta.

pois carregam a seriedade
da vida nas asas da realidade
nem sempre suportável.

bjs com saudades...

Valéria disse...

Sonhar é preciso!!!
Viver é preciso!!!
Sonhemos, poeta, mesmo que... proibido!
Belo poema,
Com carinho
Valéria

Renatinha disse...

"sonhos dão trabalho"
Mas,é como um daqueles trabalhos prazerosos...
Sempre bom te ler...bjks