sábado, 12 de março de 2011

Intrincado, te amar


penso nas intrincadas formas de
te amar
e me arrependo a cada vez que
o faço.
dói tanto pensar inútil,
desperdiçar tempo e
pensar...
te amar é causa perdida,
intrincada despedida...



Ilustração: gstatic

28 comentários:

OceanoAzul.Sonhos disse...

A vida é intrincada, o amor por si só, muito mais.

Abraço

OA.S

Marcia Morais disse...

Dificil poeta mais nunca impossivél ,bom é não desistir jamais! um beijo!
bom sabado

Claúdia Luz disse...

Bom dia !!!

Como tenho visto palvras triste , falando de amor . Coisas lindas ! Mas triste !

Um lindo final de semana, cheio de poesias !!!

Gisa disse...

Apesar das complexidades encontradas nunca se pode desistir.
Um grande bj querido amigo

Franco disse...

Bela poesia,não entendo muito de
amor,mas como já foi dito,
..."é quase uma dor".
Obrigada pela visita em meu blog.

marlene edir severino disse...

Às vezes é complicado amar,
nem isso o torna menos belo

Um abraço, Rangel

Nieves LM disse...

Muchisimas gracias por tu visita y comentario. Besos desde España

R.B.Côvo disse...

De um amor verdadeiro nunca se desiste. Abraço.

R.B.Côvo disse...

De um amor verdadeiro nunca se desiste. Abraço.

Maysa disse...

Caro Amigo AC

Poemas muito tristes...
Alma embaçada pela dor?
Abram-se as janelas
Tomara recebas
junto ao seu dom
Toda a luz de
celebrar novo Amor .

Um abraço
Maysa

Evanir disse...

Boa tarde poeta amigo..
Tenho lido lindos poemas na sua
maioria triste quando se fala de amor.
Lindo final de semana.
Um carinhoso abraço,Evanir.
http://aviagem1.blogspot.com/

Amapola disse...

Boa tarde.
Tem coisa mais intrincada do que esse amor?

Um grande abraço.
Estou lhe seguindo.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Sandra disse...

Amar nunca será perder tempo, mas sim ganhar vida...
Abraço

Lu Nogfer disse...

Nossa!Quanta desilusao!?
Espero que seja apenas poética!

Amar...
Nao é arrependimento
Nao é desperdicio
Amar é divino,imenso...
E engrandece!



PS:Te li no Face!
Lindas palavras!
Thanks!

Um beijo!

Vivian disse...

...desistir do amor é desistir
da vida, meu poeta!

smacksssssssssssss, moço!

Anne M. Moor disse...

Rangel, não me faz chorar...

Um poema belíssimo mas tão carregado de tristeza.

beijos
Anne

Valéria disse...

Poeta,
continue a amar... pra sempre.
não desista... insista.
não sofra... curta.
nunca é o fim... sempre tem volta.
carinhosamente
Valéria

Maria Marluce disse...

A vida e o amor se intrincam e tecem os poemas, pelas mãos sensíveis do poeta, desnudando-lhe a alma.

Maria Marluce disse...

A vida e o amor se intrincam e tecem os poemas, pelas mãos sensíveis do poeta, desnudando-lhe a alma.

Maria Marluce disse...

A vida e o amor se intrincam e tecem os poemas, pelas mãos sensíveis do poeta, desnudando-lhe a alma.

Maria Marluce disse...

A vida e o amor se intrincam e tecem os poemas, pelas mãos sensíveis do poeta, desnudando-lhe a alma.

Lai Paiva disse...

Ruim quando o amor é causa perdida né?

Sonia Schmorantz disse...

O amor é simples, intrincada é nossa visão do amor. Assim como não há certezas, também não há causas perdidas, nada é definitivo em matéria de amor. Uma linda poesia.
abraço, boa semana

Iracema forte caingang artista plástica indigena brasileira disse...

Amor!

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

Querido amigo
Agradeço sua gentil presença no meu blog.
O incentivo está para a arte,
assim como o sol está para a semente:
um toque de vida.
Conte com meu carinho,

Fátima Guerra.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Será que não vale a pena esperar, e, quem sabe, as coisas poderão mudar? Belo poema Rangel.

Abraços e ótima semana pra ti.

Furtado.

Gabriella Beth Invitti disse...

Sincero, lindo, real!

MM - Lisboa disse...

Gostava de poder ajudar-te mas, não posso!
Mas será essa obsessão alimentada maldosamente por quem não te merece, afinal, amor?
Pensa! Beijinhos.