sábado, 25 de junho de 2011

Banho


Banha com água tuas dores
todas,
no exato momento em que amanhece
e sente teus olhos distantes
encontrarem teus segredos,
os mais profundos.
Banha com água tuas dores
e tire de ti
o peso do mundo...


Ilustração: t1.gstatic

10 comentários:

OceanoAzul.Sonhos disse...

A água lava o corpo e refresca o espírito. Deixemos que o peso do mundo seja arrastado pela sua leveza.
Um abraço poeta.
oa.s

Nina Pilar disse...

água, do céu, das bicas, dos rios, dos mares...água de onde for que venha.
lindo poema amigo

um bom domingo pra ti...
beijinhos

Daniela Delias disse...

Lindíssimo.

Bjs!

Catia Bosso disse...

Banha com vida a vida, sempre!

Bravo!

bj

marlene edir severino disse...

E banha aqui
a minha alma
teu molhado poema, Rangel!

Beijo!

Marlene

Valéria disse...

Rangel, energia pura...
a água e o seu poema.
Valéria

Salete Cardozo Cochinsky disse...

Gostei de encontrar e ler Alma Tua com um belo poetizar.
Um abraço. Bem-vindo

R.B.Côvo disse...

Estou participando de um concurso literário e preciso de votos. É simples. Se você tiver facebook entre na sua conta e acesse este link:
http://www.conteconnosco.com/trabalho-detalhe.php?id=622

Daí é só logar na página do lado direito no topo "login with facebook" e votar no botão vermelho abaixo da foto. Para ir ao texto vai na categoria escrita. O texto é M. de Ricardo Barbosa.

Conto com sua ajuda!

Obrigado!

Anne M. Moor disse...

A terapia das águas...

bjs
Anne

Artes e escritas disse...

Um blog de poemas profundos e sensíveis que eu gostei de ler. Um abraço, Yayá.