quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Sempre assim


Se tivesse algum dia,
destes em que a luz do sol escorre
e tinge toda a manhã
de cores tão essenciais,
me buscado num jardim,
talvez,
num clamor, geral,
com certeza me acharia.
E o sorriso, natural,
no meu rosto,
surgiria contra o sol,
iluminado e comovido.
Como se tivesse sido sempre assim.


Ilustração: giegu

14 comentários:

Nanda Assis disse...

seus poemas, sempre nos contagiam de algum sentimento. o de hj foi de paz.

bjoss...

Anne M. Moor disse...

E de amor...

Beijos

Valéria disse...

... e de sorrisos!
Com carinho
Valéria

Serena disse...

E de perfume...

Um grande beijo e um largo sorriso pra ti meu querido!

Lu Nogfer disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu Nogfer disse...

..E de carinho de um menino-homem que sabe como ser apaixonante com suas sempre doces e contagiantes palavras!
Te curto de verdade!

Beijos iluminados!!!

iracema forte caingang disse...

Que belo poema!sempre emocionante, e triste.
beijos

Alma inquieta disse...

Olá Rangel!

Parece que o astral mudou!
Gostei do poema!

Um beijo!

Lua disse...

Adorei, lindo o poema!

Beijos!

REGGINA MOON disse...

Rangel,

Passando para desejar um ótimo final de semana e ler as suas maravilhas!!

Lindos Poemas!!

Beijos,

Reggina Moon

Graça Pereira disse...

A noite solitária
atravessou-se no teu caminho
e a aurora dorme
atrás dos montes sombrios.
As estrelas sustêm a respiração
e contam as horas.
A lua débil
boia no céu profundo.
Meu pássaro,escuta-me
e não feches as asas!!

Um beijo carinhoso e um óptimo fim de semana.
Graça

Mariana disse...

Voltei, meu caro! O prazer de escrever escorre em minha vida.

LomiAyurveda disse...

Olá Bom Dia!

É...é sempre assim.
Vou estar sempre aqui ao pé de ti, a ler em silêncio, os mais lindos poemas que já li.

Os poemas são como bonitas rosas que recebo, murcham e morrem, mesmo tendo sempre o cuidado de as secar e fazer bouquets.
Os poemas nunca morrem têm vida própria, nascem para dar uma nova vida ao mundo e torná-lo mais belo.

OBRIGADA por levares o meu coração a sonhar!

Beijinho

O mar me encanta completamente... disse...

Saudades Rangel,
Fico feliz demais ao ver sua obra literária...
O mundo blogueiro só tem a ganhar com sua presença e escritos dignos
do grande poeta que vc é, de fato.
Há alguns dias não vinha aqui, aproveitei e me alimentei de
uma farta porção de sua inspiração...
Hoje vim te ler, e compartilhar com você um presente:
Sou a poetisa da semana no Blog do VALTER POETA e
é claro, gostaria que lesse, e caso queira, opine.
É sempre pra mim um prazer e uma honra saber sua concepção,
sua opinião, seu parecer.

Te espero...

http://valterpoeta.blogspot.com


Beijinhos... Glória