domingo, 4 de outubro de 2009

Vou


Embarco neste sonho
como quem tem longa viagem
a cumprir.
Vou sem bagagem,
sem horário pra chegar,
sem retorno programado.
Vou sem medo,
sem sombras, sem fantasmas.
Vou,
pra nunca mais voltar...

Ilustração: acordomar

22 comentários:

Valéria disse...

Rangel, embarque sim, neste sonho.
Seja ele qual for... pra ser feliz.
E continuar sempre nos dando tanto prazer neste seu espaço.
bjos
Valéria

Anne M. Moor disse...

Embarca... Embarca com toda a vontade de anos que te acompanha. Curte! Aproveita o sonho de leitura, o café gostoso, enfim, a VIDA!

Beijossssssss

Mline disse...

As correntes que nos aprisionam em cada ida e vinda podem ser muitas, mas,quem consegue se desvencilhar delas no mínimo tem mais chances de serem felizes... Belo poema Rangel... Até breve.

Graça Pereira disse...

Não é raro termos vontade de soltar as amarras do cais em que atracámos e partir em busca do sonho...Talvez á procura de um outro "eu" que desconhecemos Que a viajem seja frutífera e voltes com as mãos cheias de estrelas! Um beijo carinhoso Graça

Nanda Assis disse...

que horror! eu q n quero viajar rrs.

bjosss...

Cris Michelon disse...

“Dar sentindo a vida é missão de amor.
Quanto mais somos capazes de amar e de nos dedicar a alguém,
tanto mais plena de sentindo se torna nossa vida”.

Que Você tenha uma Semana Maravilhosa
bjs no ♥

Sonia Schmorantz disse...

É bom esquecer um pouco as regras e embarcar nos sonhos...
Abraço, boa semana

Serena Flor disse...

Embarcar assim com a cara e a coragem não é pra qualquer um meu amigo.
Mas é bom demais sonhar!
Um grande beijo e saudade de você em meu blog(não visita mais os amigos não? rsrs)

Paula Laranjeira disse...

Vá!
precisamos estar sempre indo a algum lugar e/ou sonho...ñ podemos parar. Quando passar por aqui, acene...se eu ñ responder é porque fui tbm para algum lugar....bjs

Lu Nogfer disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu Nogfer disse...

Vá mas volte sim!
Precisamos de voce para continuar poetisando tao lindamente nossas vidas!

PS:Saudade imensa!
Beijos mil!
Sempre aqui!!!

Gislãne disse...

embarca... sem medo e vai....

Wanderley Elian Lima disse...

Você podi ir, mas por favor volte para nos brindar com seus poemas
bjs.

Sue disse...

Passei pra visitar, conhecer... Gostei!
Voltarei!
Beijinho!

Alma inquieta disse...

Rangel,

teus poemas são lindos,
mas continuam tristes..., não sei se é o reflexo do teu estado de espírito!

Um beijo de Portugal!

Érica disse...

Então embarca meu caro... Nada mais seguro que nossos sonhos de felicidade.
Adoro teus poemas, és um escritor fantástico. Se lançares um livro, n esquece de avisar.
Beijos

Sueli disse...

... sem lenço e sem documento ...
Mas, se vai feliz, vá... não importa para onde, o que importa é seguir o que seu coração pede..
Beijão!

Helena Figueiredo disse...

Caro poeta,
Há decisões bem difíceis de tomar e por vezes é necessária essa força que transborda no seu poema.
Parabéns.
Helena

Confesso disse...

Espero apenas te encontrar no fim dessa viagem... Ou será o começo?

Farinhas do mesmo saco...



Beijos de despedida...

Periquita disse...

O que seria das palavras sem alguém como você para uni-las e transformá-las em cadência etérea? Me fez sonhar com essa nau sutil me alentando.

intervalo disse...

Rangel,embarcar em tuas poesias é encantamento.Vá,mas volte sempre.beijoss com carinho meu.Lia...

Canto da Boca disse...

Qualquer ida é sempre uma viagem sem volta...