domingo, 27 de novembro de 2011

Enganos


E pensar que,
por vezes,
muitas vezes,
fechamos os olhos
calados, seguros,
ingênuos,
pensando que a noite
sería sem preço,
apenas de sonhos...


ilustração: t0.gstatic

9 comentários:

Gisa disse...

E quando menos esperamos o inimaginável acontece, passeamos por mundos distantes e vivemos emoções que por lá deixamos.
Um grande bj querido amigo

Solange disse...

vivemos de sonhos durante o dia..
a noite nos cobra a realidade..

bjs.Sol

Célia disse...

A noite de nossas almas é o preço mais caro que pagamos por nossos sonhos. Belo poema, reflexivo...
Abraço, Célia.

Anne disse...

Ah se pudesse ser real... muitos sonhos foram alimentados e delirados, mas qdo acordamos... mais um tombo!

Mais um poema lindo!

bjs
Anne

Eloah disse...

Querido,vá em busca de teus sonhos.
Amacia teus caminhos
Afaga tua alma e viva com paixão.
Deixe-se levar pela vida, muito ainda há de acontecer.
Sê feliz.Bjs Eloah

armalu,blogspot.com disse...

A noite muitas vezes longe de sonhos é de pesadelos. Tantas vezes querido amigo... tantas vezes, é de noite que ao colocares a cabeça na almofada, tua alma acorda e te traz tudo que queres esquecer . Boa noite Fred...

LUZ disse...

Amigo,

Visualizei seu blog, casualmente.
O acaso, é, por vezes melhor, do que o programado.
Este seu poema, fala do sonho e dessa maravilhosa arte, que nem todos conseguem alcançar.
Parabéns pelo que escreve.
Abraços.

afectosecumplicidades.blogspot.com

Patrícia ♥ disse...

O Blog "Pieces Of Me'
chegou aos seus 400 seguidores,
e tem o prazer de te prestigiar com
um selinho lindo!!

Beijos,
e obrigada pela presença no meu cantinho..

o selinho esta no link :http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/11/400-seguidores.html

Soraya Chaude disse...

Os sonhos da noite, sempre são sonhos, os de dia... são frustrações e desalentos...