sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Partir


Partir se faz urgente quando,
tão distante o sonho embalado
no calor do horizonte já não
consegue suportar distâncias,
quando a boca seca e não se
pode mais engolir passados.

Partir se faz urgente quando
os teus olhos, embaçados,
não conseguem mais chorar.




ilustração retirada do google images


14 comentários:

Ateliê Tribo de Judá disse...

Olá meu querido:
E grande é a expectativa da chegada do único e verdadeiro AMOR.
BEIJO
Joelma

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Querido Poeta

Melancólico poema vestido de ausência e perfumado de nostalgia.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Jaime Adilton disse...

Partir se faz urgente quando o poeta tem versos tão despojados para falar dessa nostalgia que é embalar o sonho distante no calor do horizonte, quando a saudade interpreta a distância como sinônimo de água nos olhos. E vc, amigo poeta, tem esses versos! Obrigado por nos brindar com a sua poesia!

Sonia Schmorantz disse...

É urgente o amor
É urgente um barco no mar

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos, muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade

Sandra Subtil disse...

Quando a fonte seca, secamos por dentro também.
Beijinho

Anne M. Moor disse...

Teus poemas, cada vez melhores!

beijo grande

Anne

Anne M. Moor disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Por Amor disse...

Bela espera ..lindas palavras Um grande abraço e bom final de semana Pedro Pugliese

Solange disse...

não diga isso..

se tu voltares pela mesma estrada que te levou embora,
reencontrará aquele olhar..

voltar se faz urgente..

bjs.Sol

Tania regina Contreiras disse...

Partir é também procurar outro espaço, um recomeço. Partir é chegar.
Beijos,

Nádia Santos disse...

Quando não a mais perspectivas, só resta partir, a procura de novos horizontes. Um abraço.

Cynthia Lopes disse...

agora é hora de partir;
amanhã será hora de voltar;
depois hora de seguir
continuar a versar
poeme-se,
sempre.
belo espaço,
bjs

Parole disse...

O que os olhos não veem, o coração não sente.

Lindo poema, querido.

Beijinhos e bom domingo.

Mariseven Zanon disse...

Há momentos em que só nos resta partir mesmo. Partir até de nós mesmos.