terça-feira, 21 de outubro de 2008

Velhos e novos amores



Velhos e novos amores

Velhos olhares, antigos amores,
saudades,
sapatos confortáveis.
Desafios novos?
Novos amores,
terreno inexplorado,
novos sabores.
Não quero velhos amores.
Nem novos, tampouco.
Quero você:
amor único !


Um comentário:

armalu disse...

QUE SORTUDA A SUA AMADA