sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Sou...


Sou...

Sou a luz,
quando o teu dia amanhece.
Sou tua memória,
quando do teu amor não esqueces.
Sou tua dor,
quando do teu amor te afastas.
Sou teu calor,
quando estar com ele não te basta.

Sou teu lenço,
quando lembras e choras de emoção.
Sou tua vida,
quando teu sorriso te enche de paixão.
Sou teus olhos,
quando, feliz, te sentes assim.
Sou teu amor,
quando tu olhas só para mim.


Foto: http://zizimorais.zip.net

Um comentário:

armalu disse...

ês tudo isso e muito mais...tu é que não sabes... como pode ter acontecido?!francamente não sei.bj