sábado, 8 de novembro de 2008

Vida


Vida

A vida passa por mim,
tão rápida.
Se faz enorme onda,
num mar tempestuoso.
Me cobre, me envolve, me engole.
Onde está a tona?
Onde está você?

Não consigo respirar.
Um gosto de sal na boca,
ardem os olhos, o coração dispara...

A vida passa por mim,
tão rápida.
E me açoita, me castiga.
Exibe toda sua força
e me afoga.


Um comentário:

armalu disse...

Deixa a vida afogar-nos juntos.