segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Amanhecer


Amanhecer

Amanhece!
E neste clarear tão delicado,
surgem vultos e formas
que ontem não estavam aqui.
São detalhes,
são figuras que,
resgatados do passado,
insistem em voltar.

Dentre elas, teu olhar
que, mesmo tão brilhante,
ainda não despertou!


7 comentários:

Mai disse...

E tudo que é externo a mim em princípio, é ilusão? É miragem, ou não?


beijos,

Mai

isolano disse...

A vida, acordando em cada amanhecer. Que bonito!

paula barros disse...

A cada amanhecer a cada anoitecer a vida se refaz, nos apresenta o novo, nos traz o velho.

A imagem é linda.

beijo

neli araujo disse...

É nestas horas que as maiores verdades vêm nos assombrar...as muitas peças que nossa cabeça insiste em nos pregar...

Muito lindo teu poema!

Abraço,

gabyshiffer disse...

O passado quando é bom vale a pena ser recordado...
Lindo poema
Boa tarde pra vc
Bjos

DairHilail disse...

passei por cá e deixei-me encantar...
voltarei na brisa do vento...levando e trazendo a loucura...as loucuras, porque não?

Márcia Justiniano disse...

Olhares inesquecíveis que nos fazem querer mergulhar e nos afogar.
Bjs