segunda-feira, 2 de março de 2009

Da cor dos teus olhos!


Da cor dos teus olhos!

Um vento forte e morno
bate no meu rosto crispado
e, mesmo assim, ameniza o sol forte
pendurado neste céu azul.
Caminho!

A boca, seca, é quem mais sente
o castigo deste caminhar.
Meus olhos, turvos, mal conseguem
delinear o caminho,
moldado nestas pedras que piso
relutante.
Caminho!

Sigo com a vocação dos loucos,
insano e determinado,
nem que esta caminhada vire o século,
novamente.
Caminho!

Vou em busca de sombra, da vida, do ar
e da cor dos teus olhos...

12 comentários:

Anne M. Moor disse...

A luz, refletido na cor dos olhos iluminam sentimentos e vontades...

O caminhar nos ensina a ler olhos, corações e almas!

Lindíssimo poema. Toca fundo...

Beijos

gabyshiffer disse...

Olá Rangel,
Boa noite amigo...
tá lindo o poema,
"Vou em busca de sombra, da vida, do ar
e da cor dos teus olhos..."
Muito lindo
Que vc tenha uma linda noite
Bjos

Sônia Brandão disse...

As dificuldades do caminho são esquecidas quando se chega ao destino desejado.
Belo o seu poema.
bjs

paula barros disse...

Meus olhos não são dessa cor, então para encontrar meus olhos vai ter que mudar de caminho...rsrs (brincadeira)

Leio seu poema e sinto. Depois releio prestando atenção na forma que você escreve. Gosto da sua forma de escrever.

Devemos sim sempre caminhar procurando o que nos faça nos sentir bem.

beijo

Raoni Moura disse...

Gosto dos olhos que mudam de cor...assim, vivo eternamente na procura da cor! Adorei esse poema!!

Serena Flor disse...

Não tenho mais palavras para definir teus poemas meu querido!
São tão belos e guardam um sentimento profundo em cada letra escrita!
Adoro demais teu cantinho e teus poemas!
Beijos.

claire disse...

Obrigada pela visita, Rangel. Gostei do que encontrei por aqui tb!

um abraço.

Conceição Duarte disse...

Rangel, pelo que entendi, nos conhecemos é isto? Menino... nem me diga, como vou saber quem é vc? Por suas iniciais apenas nao lembro, e por foto, se for esta que aparece aí, tb nao consigo identificar... AP 52?? Mulher chata? Será que eu to pirando?
BJussssssssssssssss em dê um sinal e fala logo!
Bjus CON

Mulher na Janela disse...

belo poema, como um jogo de sombra e luz.

beijos...

isolano disse...

Belo!

DairHilail disse...

muito lindo mesmo...

Poliana disse...

Poeta...

Mesmo com tantos empecilhos não desistimos. A busca pode parecer infinda, mas a sombra, a vida, o olhar... Estão lá...Esperando...

beijos.........m