quinta-feira, 21 de maio de 2009

Poder do poema

Poder do poema

Ao contrário do que se imagina,
um poema,
qualquer poema,
não fica restrito ao que
parece dizer.
Um poema transcende seu espaço
e avança pelo mundo do impossível,
tornando-se o toque mágico
que liberta a alma,
que conserta pedaços de mim,
pedaços de nós!


Ilustração:
http://4.bp.blogspot.com/

15 comentários:

Anne M. Moor disse...

Rangel,
Escrever um poema é deixar a alma voar ao encontro do seu conhecer. É através do poetar que nos entendemos melhor e ao entendermos melhor, conseguimos entender o outro...
Beijo poetado :-)

Mahria disse...

Verdade meu amor.
O poema vai além do que parece dizer...muito além!

Bjs
Boa Noite

Avassaladora disse...

Sabe, Rangel, escrever acaba se tornando essencial, tal qual o ar que respiramos...

Creio que é quando nossa alma fala!


E como ela fala bonito...

Parabéns!

Beijos!

Palma da Mão disse...

Sem duvida meu amigo, e custa, doi, quando a mensagem não chega...e a ferida permanece aberta, quase parecendo impossivél de sarar...
Beijinhos
Liliana

A garota do copo d'gua disse...

Quem é poeta tem que pegar delirio!
Escrever é mais que palavras, são as entrelinhas, extra-linhas, e a propias linhas. Mas só os abençoados são campazes de absorver a essência da magia poética.
Assim como você! :)

bom fds rangel!
:*

Anne M. Moor disse...

Adoro ver as diferentes leituras que todos fazem de um mesmo poema. As diferentes 'coisas' que enxergam... ISSO é poesia!

Beijos

Lu Nogfer disse...

Escrever poemas liberta a alma,transcende todos os limites e lendo os seus poemas voei alto ainda que com os pes no chao.

Muita emoçao por aqui!Voltarei mais vezes...

Abraço poeta

Úrsula Avner disse...

Caro poeta, com certeza um poema exprime muito além das palavras que o compõe e está á disposição de quem o lê e o interpreta. Como disse o poeta Mário Quintana- " Um bom poema é aquele que dá a impressão de estar lendo a gente e não, a gente a ele ". No meu entendimento, esta é a melhor definição de poema que já li. Um abraço.

Elaine Crespo disse...

Adorei teu blog!
Do titulo as poesias que adoro!!

Adicionei a minha lista! E vou seguir! Muito bom godto mesmo!

Um belo Fim de Semana!

Abraços,
Elaine

Vivian disse...

...para se sentir um poema,
há que se poemar junto a alma
do poetador.

sinto-te...

bjbj

Anne Lieri disse...

Muito bem dito!Poema tem que ser sentido para ser compreendido!Gostei muito de seu blog!Abraços,

Christi... disse...

Rangel querido, como me delicio com essas palavras aqui agora.
Ás vezes se confunde muito o poema, com quem a escreve, nem sempre somos o que escrevemos, vivemos o que escrevemos, nós damos asas aos sentimentos, sejam eles alheios ou nossos. Imaginados ou vividos.
Ás vezes caímos em julgamento e isso é um atributo de quem escreve, o fator da incógnita do leitor.

Beijos

Renata de Aragão Lopes disse...

Poema voa...

Naza Bispo disse...

Parabéns dessa nova fã...
abraço.

Márcia disse...

"Se escrevo
é para diminuir
a febre de sentir"

(Fernando Pessoa)

Um beijO

(Márcia.Dom)