quinta-feira, 20 de agosto de 2009

É vida

Preciso apenas dos ventos e dos
tempos para saber onde estou.
Onde ando, dependo dos raios de
sol,
das rosas o perfume e
o cheiro de mar.
O amanhecer me fortalece e o luar
acalenta meu sono.
Viver é assim aventura,
improviso e, nem sempre,
pavor.


Ilustração: 1.bp

13 comentários:

orkide@ disse...

Tão bonito!!!
Viver é mesmo isso tudo...

Bj

Vivian disse...

...preciso apenas acreditar
nos meus sonhos,
e assim deixar que se
transformem em dias
de sol e noites de muito amor.

bom dia, meu poeta!

Graça Pereira disse...

Viver é uma aventura-... mas é uma aventura maravilhosa e única! Um beijo amigo. Graça

Mline disse...

E assim somos laçados a vida, viver...viver...o sabor de cada possibilidade de cada momento ora como improviso ora com passos firmes mas sempre com as certezas que o nosso coração traz. É realmente um privilegio meu saborear do seu concatenar de sentimentos.

Anne M. Moor disse...

Viver é uma de minhas paixões... Talvez por que é "assim aventura, improviso"!

Viva meu poeta viva que o amanhã é de Deus!

Beijos

isolano disse...

Muito bonito!

Valéria disse...

Rangel,
concordo com vc, viver é uma aventura!
Como toda aventura: riscos, risos, sol, chuva, alegrias, tristezas.
Mas, o que importa, de fato, é o que faremos com elas...
Pra saber: só vivendo... e sonhando, sonhando sempre!
Com carinho
Valéria.

Rainha Victoria Catharina disse...

Agradeço-lhe o comentario elogioso postado em meu blog.
O seu é belissimo de extremo bom gosto !!!
Congratulações.

ParadoXos disse...

muito inspirador!!!


abraços

Sueli disse...

"Vim da terra, sou da terra e para a terra vou". Mas... viver é isso mesmo. Abração!

Ariadna Garibaldi disse...

Leitura leve e prazerosa, um brinde à vida!

Gostei!

Bjos

Ariadna Garibaldi

intervalo disse...

Aventurar-se sempre,assim como faz com suas palavras que encantam sempre Poeta.Um lindo final de semana pra vc.beijoss com carinho meu.Lia...

Jac. disse...

Que a natureza o conduza, amigo!!!
Ela sabe mais do que nós!

Carinhoso abraço!