segunda-feira, 22 de junho de 2009

Da tua imensidão


Meus desejos não existem,
se você não existir.
É tua a boca que quero.
Teu é o pecado que me absolve,
tuas as umidades que me envolvem.
É no teu corpo que minha boca se perde
e, esquecida, não mais se vai.
É nas tuas profundezas
que me encontro
e me sinto explorador.
Lá que busco,
te busco,
terra a conquistar...

Ilustração: Tela de Requeri

16 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Como sempre lindíssimo. a imagem é bela .
Abraços

Vivian disse...

...imensa é a tua capacidade
de acariciar sonhos.
não há como resistir ao
chamado poético de quem
sabe cantar o amor.

deixo-me então embalar
nas asas deste querer.

bj, lindo poeta!

Click disse...

Lindo poema. Cheio de amor e palavras sensíveis!

Jacque disse...

Tenho um selinho para você no Blog BORBOLETA AZUL.

Beijo

Jacque

gislane disse...

lindo poema
\o/
bjos...

Jac. disse...

Lindo! Cheio de sensualidade
incontida.
Não há vida sem essas sensações!

Abraço carinhoso!

joyce domingos disse...

''É no teu corpo que minha boca se perde
e, esquecida, não mais se vai.''


adorei^^


lindo,romântico,sexy....

na medida^^


beijinhos^^

ParadoXos disse...

Beleza poética!!
Singular...
Beijo imenso!

Anne M. Moor disse...

Belíssimo poema! A tua musa deve estar feliz...

Beijos

Serena Flor disse...

Meu querido, passando pra te deixar um selinho.
Caso queira e ainda não o tenha, é o selo Blog Mágico. Ele se encontra na coluna lateral do Alma Poeta na minha galeria de selos...é só clicar na imagem, entrar e pegar ok?
Beijinhos e este poema está escandalosamente pecaminoso...rsrs

Rosemari disse...

Belíssimo , sensual, arrebatador.
parabéns!!

intervalo disse...

Poeta,mágico seus poemas...ah!inpirador,beijoss com carinho meu.

Mirtes disse...

Muito lindo, tocante no fundo do ser e da alma!!

Bjs

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! É nas tuas profundezas que me encontro e me sinto explorador...

Adorei, profundo e atiçador. Parabéns!

Abraços,

Furtado.

Sophi para os íntimos disse...

É possível sentir tau alma nestas linhas...Gostaria de seguir teu blog mas não tive por onde,obrigada pelo carinho e presença no meu,um beijo enorme!

Lu Nogfer disse...

Puxa!!!
Sem palavras!!
Que poeta mais inspirado!
Lindíssimo poema!
Sensual e sem exageros...

Bjo imenso