quinta-feira, 11 de junho de 2009

Outra vez a saudade


O sol, alto já, aquece a minha solidão
e brilha como os olhos de quem não vejo.
Segue o dia, como tantos outros,
sem que me ouçam falar.
Trago na pele o cheiro da saudade
que machuca
e que me prende a um passado,
impreciso,
que já quase escapa da memória
e que se esconde na dúvida
do realmente ter existido.
Como eu!

15 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

"Outra vez a saudade"

AC Rangel, a saudade se fez presente ao presente de ler seus versos.

Bom dia, e um
FELIZ DIA DOS NAMORADOS, com
muita alegria,
Efigênia Coutinho
Escritora

Serena Flor disse...

Hoje também me sinto um pouco assim...
Beijos e um dia feliz pra você!

Érica disse...

Eu as vezes sinto saudade até do que não vivi. Inclusive, a grande maioria.
Gostei do poema.
Beijos

gislane disse...

lindo....lindo...poema
bjos

Anne M. Moor disse...

O brilho dos olhos
tem direção sempre.
Saudades de estar
junto estando e
não estando...
A voz ouve-se no
coração!

Feliz dia para todos os amantes!

Beijos poeta brilhante!!

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanda disse...

Ahhh....
E como viver sem ela...
A saudade sempre nos alimenta
para o bem e para o mal...
mas é companhia constante...rs

beijos no coraçao

Izinha disse...

oi,

mesmo q o tempo passe, a saudade sempre toca o coração...

vim através de um blog amigo.

bjos e FELIZ DIA DOS NAMORADOS!

O mar me encanta completamente... disse...

Teu lirismo mexe com a sensíbilidade, encanta a alma e rega os sentimentos quando sem nenhuma cerimônia vai além de nós, quando se trata da inspiração.
Ah; e as reticências ?
Essas sim, tão insinuantes, falam tanto...

Bjs poeticos

Mirtes disse...

Como sempre muito lindo.....

Bjs

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Levo na alma uma solidão azul, que é muito minha, mas tão universal que a vi nos teus versos...

Beijos e borboleteios

Nanda Assis disse...

maravilhoso!!!

bjosss...

Lu Nogfer disse...

Ola Rangel!

Achou que me esqueci!? Jamais!!
Ja saiu da neblina," o sol ja aquece a solidao..." As lembranças fazem parte de nosso passado mas mesmo com saudades devemos avançar ao futuro que nos espera de braços abertos.Afinal "segue o dia como tantos outros..."

É lindo como escreve!!

Sempre aqui!Ainda te aguado lá!

Beijos aquecidos de sol

Ademerson Novais disse...

Vir aqui é me encontrar comigo mesmo...tuas palavras pareceram sair de dentro de mim...paraceram serem cuspidas da minha alma...pois era desse modo que me fez me ausentar alguns dias..me fez caminhar....viajar para dentro de mim....vir aqui é umm prazer...e tuas palavras é um balsamo...


Parabens
Ademerson Novais de Andrade

Valéria disse...

Rangel,
Concordo com tudo que o Ademerson Novais escreveu sobre seu blog e vc.
Já tinha dito a vc: parece que vc está dentro de mim, me conhece bem, sabe das minhas saudades...
Obrigada.
Valéria