sábado, 27 de junho de 2009

Inverno, já!


Inverno, já!
E o carinho deste agasalho de lã,
terno e delicado,
transparece neste teu sorriso cúmplice
colado ao teu corpo, aos teus olhos,
como o encanto que faz
o inverno chegar.
Estes teus olhos me aquecem,
me enlouquecem,
me fazem mais te querer.
Mesmo que seja
inverno, já!

Ilustração: imagens.fotoseimagens.etc

10 comentários:

Lu Nogfer disse...

Que mistura deliciosa:o inverno com carinho do agasalho de lã,a delicadesa de um sorriso cúmplice,o aquecimento de um olhar...
Doce jogo de palavras com um toq de seduçao!
Lindo e perfeito!Amei!

Bjos docepoeta

Lídia Borges disse...

Um Inverno terno e ameno, esse!
Um poema para saborear em qualquer estação.
Lindo!

Um beijo

Ana Martins disse...

Um poema quente num frio Inverno, parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vivian disse...

..inverno tempo de aquecer
corações que se esfriaram
em outras estações.

uma lareira, um vinho,
um doce olhar, um carinho,
eis a receita do amor.

boa noite, poeta!



bjs meus

MEU MUNDO E NADA MAIS... disse...

Rangel, Boa noite,
adorei o texto, muito sensivel,
meigo e acolhedor, como todos os textos do seu blog, simplesmente lindooo!!!
Tenha um lindo amanhecer.

Anne M. Moor disse...

O inverno, Rangel, tem lá seus encantos e feitiços...

Sorriso que chega aos olhos é de coração e por isso toca outros cuores!

Poema ma - ra - vi - lho - so!!!

Beijos

direitinho disse...

o Inverno tem tambem encanto e magia.
O sorriso escondido no cachecol é exemplo perfeitp

Giane disse...

O melhor do inverno:

Braços que abraçam e poemas ternos que aquecem o coração da gente...

Beijos mil!!!

Tais Luso de Carvalho disse...

Olá, Rangel;
Lindo e sensível poema, como outros que li, como ‘Moinho de Vento’ e ‘Fantasmas’ (excelente). O inverno só é frio ao relento, o coração é sempre quente e acolhedor. Nele há amor e perdão. Há melhor estação do que a do coração?

bjs
tais