quinta-feira, 4 de junho de 2009

Melhor assim

Nem tudo deu certo...
Na verdade,
é certo,
quase nada funcionou...
E agora,
que tudo parece fora de tempo,
só a solidão
me acompanha...
Melhor assim,
nada tenho pra dividir.

20 comentários:

Anne M. Moor disse...

Meu poeta,

Dor é sentir o fim
com garras de aço
Dor é olhar nos olhos
da mentira
Dor é experienciar
a impotência do sentir
Mas...
Dor também é
viver
recomeçar
olhar nos olhos da verdade...

Fabricante de Sonhos disse...

Escritor...

Solidão vem mesmo de vez em quando... Ela insiste em ficar e nos sentimos vazios...
As vezes, é até muito bom dispor da nossa própria companhia.
Divida o que tiver consigo mesmo...
Lindo o seu poetar!

Beijo meu...

Fabricante

Alessandra Prado disse...

às vezes o melhor é ficar sozinho. Já dizia o ditado: "antes só do que mal acompanhado".

Vivian disse...

...tens uma maneira ímpar
de expressar o que lhe vai
no coração.

embora triste, gosto disso.

gosto porque assim vens
reforçar o que vejo em você.

sensibilidade pura!

adoro...

bj

Cristiano Melo disse...

É assim mesmo, e sempre parece a primeira vez... Em última análise sempre somos só, mesmo acompanhados.
Bom pra refletir
abraços

Wanderley Elian Lima disse...

Tente outra vez, e outra, e outra e mais outra.
Bom fim de semana

LadyM disse...

Tem sim, além das palavras...tem duas maçãs...rs. Beijooo

Frô disse...

ás vezes me sinto assim...quase sempre diria.Beijos.

Elaine Crespo disse...

Muito lindo!
ADOREI!!
Amo poesia!:D

belo Fim de semana!!

Elaine

Click disse...

Difícil fazer isso. Espremer tanta solidão por dentro do corpo das palavras, tão na mosca!

Nike disse...

Estamos sempre sós, enquanto não mudamos os nossos sonhos... mas é tão difícil mudá-los!

Adorei seu blog! Parabéns!
Voltarei sempre!
Beijos e bom final de semana!

Aline Lima disse...

bonito e melancólico. tudo ao mesmo tempo. =)

Avassaladora disse...

Ainda nessa faze meio cinza... poemas trisntes, remete a uma alma aflita...


Precisamos colher flores coloridas para alegrar nossa alma...

Nanda Assis disse...

nem tudo certo, mas o que deu vai valer por tudo. amei estar aqui.

bjossss...

Sandra S. disse...

Temos sempre mais para dividir do que aquilo que imaginamos. Subestimamo-nos demasiado, é esse o problema.


Beijinho grande*

Márcia Corrêa disse...

Doer é dividir-se! Bjs!

Acácia Fernandes disse...

Caro poeta,
Com certeza esse amor que sinto é sim , como as ondas do mar como disse.
E tenho força para amar, porem sei que ele pode aumentar ainda mais...
Obrigada,
és também um grande poeta que ama tenho certeza..

Dalton França disse...

Quiçá uma oportunidade, também, para reinventar o como tudo dará certo e o como tudo funcionará.
Parabéns Rangel. Belo poema!
Um abraço!

Ana Guimarães disse...

Contrariando o título de conhecido livro de auto-ajuda, eu não estou ok, vc não está ok, nada está ok, é assim mesmo, nada perfeita a vida, mas maravilhosa! Vamos curtir o que for possível, enquanto é possível.
Abraços, poeta!

Mahria disse...

Nem tudo deu certo. E agora?
Aprender a conviver com ela, a malfadada solidão a dois...

Bjinhos!!!