quarta-feira, 22 de julho de 2009

Aquela rosa branca


Porque das rosas extraio prazer,
amo-as como se mulheres fossem.
Recatadas algumas, as brancas
principalmente,
seduzí-las eu quero.
E não preciso canteiros, braçadas.
Uma única desejo.
Eterna.
Branca eterna rosa...

Ilustração: 3.bp

29 comentários:

confesso disse...

Belíssimo poema.

Pena eu não ser recatada...

Beijos ousados...

Mline disse...

Certas mulheres assim o são...e seduzi-las é um exercício diário. belo poema

intervalo disse...

Simplesmente mágico.Boa noite,Poeta.beijos com carinho meu.Lia...

Nanda Assis disse...

nada mais perfeito pra simbolizar a mulher que a rosa. lindo.

bjosss...

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Simplesmente lindo poema.
Abraços

Sônia Brandão disse...

Muito bonita e delicada a forma de expressar esse desejo.
Beijo.

Wanderley Elian Lima disse...

Como sempre sensível.
Abração

Anne M. Moor disse...

Rangel,

Ternura pura num poema magnífico...

Beijos

Michelle Crístal disse...

De tão recatada precisaria de muito jogo e sedução!Lindo poema!

Almirante Águia disse...

Não sei quem escreveu:

Não te fiz rosa
apenas me feri
nos teus espinhos.

Lu Nogfer disse...

Emocionante e MAG-NÍ-FI-CO!!!
No more comment...

Beijos doce poeta!
Te curto!

Serena Flor disse...

Poeta Rangel, estou começando a ficar repetitiva...rs, mas o que dizer de tão belos poemas, a não ser que são simplesmente magníficos?
Um enorme beijo desta que não é Rosa, mas somente Flor.

Graça Pereira disse...

Rosas= mulher! Rosa branca lembra fidelidade, pureza, amor para sempre.Há um fadista português- António Pinto Basto- que canta um fado intitulado " Rosa Branca ". Bem podia ser com o seu poema... Lindo! Se não encontrar este fado por aí, diga, que vou tentar passá-lo no meu blog, dedicando-o ao seu poema. Um bj Graça

Gislãne disse...

magnifico
:*

Érica disse...

Rangel, são sempre ineditos teus poemas, ou tu resgata alguns antigos? Porque teu blog é o mais atualizado,e sempre com lindos poemas, eu não sei onde tu arruma tanta inspiração. As vezes eu fico de mente vazia, não sai uma frase.
Parabêns, fantástico aqui.
Beijos

AC Rangel disse...

Érica
São sempre poesias novas. Acho que inspiração vai de momento, de sensações e sentimentos, de motivação, alegria, tristezas.
Algumas poesias saem boas, outras nem tanto.
Obrigado por sua atençãoe generosidade comigo. Tem algumas pessoas que estão sempre aqui, comentando, a quem também gostaria de agradecer.
Você são todos muito gente e muito simpáticos.
Beijo

intervalo disse...

Gosto de rosas pelo seu magnetismo, as brancas atrai-me sutilmente,parabéns poeta... repito é mágico o poema.beijoss meus

la' disse...

olá.
bom dando uma voltinha pelos blogs.. acabei parando aqui rs.
Err... como não tem como segui resolvi comentar.
beijos'

Vivian disse...

...vamos de Exupèry?

"foi o tempo que dedicaste
à tua rosa, que a fez tão
importante"

cuide dela com amor,
e assim poderá vê-la
desabrochar em cada
amanhecer.

beijuuuuuu

Anne Lieri disse...

Um poema delicado como essa linda rosa!Abraços,

Paula Laranjeira disse...

Adorei a metafora....como sempre vc escreve coisas lindas...bjs

Sonia Schmorantz disse...

Belíssimo!
Um abraço

Ademerson Novais disse...

belo poema..gostoi tb das rosas...e principalmente das brancas...não sei mais elas tem um desigual a qualquer outra...

Ademerson Novais de Andrade

Adrielly Soares disse...

Poema e ilustração lindos.

Filipa disse...

A rosa e a mulher são ambas feitas de amor.
Belo poema.

Giane disse...

A Rosa da tua Musa.
Sempre amada, sempre inspirada.

Beijos mil, Rangel!!!

comme des habitudes disse...

bela poesia. fascinante! obrigado por postar lá no meu blog. seus comentários sempre serão bem vindos.


abraçoss

leandro.

Patricia M Duarte disse...

lindo esse poema!!! bom domingo!

Hynes M. de oliveira disse...

Belíssimo poema não só o poema mas como todo o blog.
Obrigado pela visita.
Beijos